2

Estado vai investir R$ 19,3 milhões na habitação em Diadema

O governo do Estado vai investir R$ 19,3 milhões em obras de urbanização e construção de unidades habitacionais em Diadema. Desse total, R$ 2,2 milhões foram viabilizados pela Companhia de Desenvolvimento Habitacional e Urbano (CDHU) e serão destinados para que a prefeitura elabore projeto executivo de urbanização dos núcleos que atualmente ocupam

áreas próximas à rodovia dos Imigrantes.

Serão atendidas cerca de 1.360 famílias que vivem nas comunidades Parque Reide, Serra do Acaraí, Maria Leonor; Mulford, Quito/Pequim, Pré-Moldados; Barbosinha, Arco Íris, Piratininga; Jardim Ruyce e Barão de Uruguaiana. O acordo prevê, também, que a Ecovias – concessionária que administra a rodovia e responde pela faixa de domínio onde vivem as famílias – não execute mais nenhuma ordem de despejo, exceto se ocorrerem novas ocupações.

Do total de famílias, cerca de 500 serão atendidas em unidades habitacionais que serão produzidas pela CDHU, que terão início em duas fases: em junho e dezembro. A expectativa de investimentos é de cerca de R$ 44 milhões. O restante das famílias permanecerá no local, que passará por obras de urbanização e infraestrutura. O convênio, assinado na tarde de ontem (27), é um desdobramento de protocolo de intenções assinado entre CDHU, Ecovias e prefeitura em 2011, para viabilizar atendimento dessa população.

Do recurso liberado, R$ 17,1 milhões são oriundos da Casa Paulista, agência de fomento habitacional do governo estadual e serão destinados para construção de 228 unidades habitacionais na avenida Piraporinha. O convênio, firmado através do programa Minha Casa, Minha Vida Entidades, vai beneficiar a Associação Pró Moradia e Liberdade e conta ainda com R$ 4,5 milhões de recursos do governo federal.

Banco do Povo

Ontem, também foi inaugurada unidade do Banco do Povo Paulista, programa de microcrédito produtivo desenvolvido pelo governo do Estado de São Paulo, por meio da Secretaria do Emprego e Relações do trabalho, em parceria com a Prefeitura de Diadema, visando promover a geração de emprego e renda.

O objetivo é oferecer financiamento para empreendedores de micros e pequenos negócios para capital de giro e investimento fixo, como forma de viabilizar as iniciativas de ocupação e geração de renda.

 

Editoria: Cidade

Assine e receba as publicações

Compartilhe esta matéria

Publicações recentes

2 Comentários to "Estado vai investir R$ 19,3 milhões na habitação em Diadema"

  1. dayane disse:

    Quero saber onde serão feitas as inscrições para participar do projeto.

    moro de favor e gostaria de ter uma casa propria.

    grata

  2. Eu gostaria muito ,de tem minha casa próprio pós moro de favor

Comente esta matéria

Enviar comentário

Atenção! O comentário aqui postado é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do Diário Regional. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e serão removidos.

© 9421 Diadema Jornal. Todos os direitos reservados.
.