2

Qual cidade é líder no ranking de bem-estar urbano no ABC ?

Levantamento realizado nos 5.565 municípios do Brasil, realizado pelo Observatório das Metrópoles, denominado Índice de Bem-estar Urbano (Ibeu), sob a coordenação da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), aponta a classificação de todas as cidades do Brasil em um ranking que relaciona o bem-estar urbano das populações a serviços básicos.

Para classificar os municípios, o órgão analisou indicadores como condições habitacionais, serviços coletivos como ilu­minação pública, pavimentação, calçadas e infraestrutura para portadores de necessidades especiais. No conjunto de todas as cidades brasileiras, inclusive as capitais, 92% apresentam situação muito ruim, notadamente nos serviços de coleta de lixo, fornecimento de água e tratamento de esgoto, sendo que em mais da metade das cidades esses serviços são precários ou insuficientes.

Dos sete municípios da região, apenas São Caetano aparece entre os 300 primeiros colocados. Rio Grande da Serra tem um dos piores índices do Brasil, ocupando o 4.292º lugar dentre as mais de 5 mil cidades do Brasil. Os demais municípios ocupam posição acima da 1000ª posição no ranking. Para os coordenadores do Ibeu-Municipal, esse estudo poderá ser de grande utilidade aos prefeitos que devem ser eleitos no próximo domingo (2), servindo com base para melhor distribuição dos recursos financeiros.

Para o prefeito de São Caetano, Paulo Pinheiro, o fato de o município ser o mais bem colocado da região é reflexo do empenho em melhorar os serviços públicos em diversas áreas. “Priorizamos o morador da cidade no atendimento de Saúde, com 12 serviços exclusivos; reduzimos os indicadores criminais em 70%; financiamos a formação educacional e acadêmica de nossas crianças e jovens do berçário à pós-graduação; e direcionamos os benefícios sociais às pessoas que realmente precisam”, pontuou.

O IBEU Municipal aponta para grande diversidade referente ao bem-estar urbano. Apesar de apenas seis municípios apresentarem condições muito ruins, somente 273 apresentam condições muito boas de bem-estar urbano, de um conjunto de 5.565 municípios do país. Essas 273 cidades que apresentam as melhores condições de bem-estar urbano correspondem a 4,9% do total de municípios do Brasil.

Na parte inferior, há 1.068 municípios com condições ruins de bem-estar urbano, correspondendo a 19,2%. Em condições médias de bem-estar urbano há 2.298 cidades, 41,3%. Em condições boas de bem-estar urbano, há 1.920 municípios, correspondente a 34,5%.

Quando se considera aqueles municípios que apresentaram as melhores condições de bem-estar urbano, observa-se que eles estão concentrados na Região Sudeste do país por concentrar 92% dos municípios, o que corresponde a um total de 252. Desses municípios, 1 localiza-se no Estado do Espírito Santo, 39 no Estado de Minas Gerais e 211 no Estado de São Paulo, com destaque para os municípios de Buritizal, Santa Salete e Taquaral, todos localizados em São Paulo, que ocupam as primeiras posições no ranking dos municípios brasileiros.

Para Paulo Pinheiro, o fato de São Caetano ser o mais bem colocado da região é reflexo do empenho em melhorar os serviços públicos em diversas áreas

Ambiente e mobilidade registram índices favoráveis na maior parte das cidades

A condição ambiental do bem-estar urbano apresenta situação muito favorável para a maior parte dos municípios brasileiros. Em condições muito boas há 2.182 municípios ou 39,2% do total de 5.565. Em condições boas de bem-estar urbano há 1.443, correspondendo a 25,9%. Ao considerar as condições boas e muito boas conjuntamente há 65% dos municípios brasileiros, o que demonstra que sua maioria se encontra em situação favorável referente às condições ambientais urbanas.

Há 1.055 municípios que apresentam o nível médio de bem-estar urbano referente às condições ambientais, correspondente a 18,9% do total. Apenas 788 municípios em condições ruins de bem-estar urbano e 97 em condições muito ruins, correspondendo a 14,1% e 1,7%, respectivamente.

Mobilidade

A dimensão de mobilidade do Índice de Bem-Estar Urbano concentra grande parte dos municípios brasileiros em condições boas e muito boas, correspondente a 12,1% e 84,7%, respectivamente, o que totaliza 5.388 municípios do país. Dos outros 177 municípios, 103 apresentam condições médias de mobilidade, 61 apresentam condições ruins e 13 apresentam condições muito ruins.

 

Editoria: Regional Tags: , , , , ,

Assine e receba as publicações

Compartilhe esta matéria

Matérias Relacionadas

2 Comentários to "Qual cidade é líder no ranking de bem-estar urbano no ABC ?"

Comente esta matéria

Enviar comentário

Atenção! O comentário aqui postado é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do Diário Regional. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e serão removidos.

© 2019 Diadema Jornal. Todos os direitos reservados.
.