2

GCM de Diadema salva bebê de 45 dias engasgada

GCM Roberta Pereira salvou bebê de 45 dias. Foto: Thiago Benedetti/PMDEstar próxima da população é um dos objetivos da Guarda Civil Municipal (GCM) de Diadema. Hoje, o trabalho da GCM Roberta Pereira dos Santos salvou a vida de uma bebê de 45 dias, na Praça Ubatuba.

Enquanto fazia a ronda pela cidade, avistou uma senhora com um bebê que parecia não estar passando bem. A bisavó, de 83 anos, quando percebeu que a bisneta estava engasgando, correu para a rua para pedir socorro. Os guardas pararam a viatura e a GCM socorreu a bebê que engasgava com o leite, virou-a de bruço e fez o procedimento para desengasgá-la, também conhecido como manobra de Heimlich.

Para o inspetor chefe da GCM, Antônio Ricardo Fernandes da Silva, é importante ter uma corporação preparada para atuar em diferentes situações, que envolvam segurança e trabalho humanizado. “Nas situações em que é necessário atuar com primeiros socorros, podemos minimizar o trauma ou a seqüela causada por ele e estabilizar a vítima até a chegada do atendimento especializado. Na hora do desespero, a primeira referência é o profissional de farda. Essa busca é ratificada quando ele encontra um profissional capaz de atender a essa expectativa”, afirma.

Experiência

A GCM Roberta Pereira dos Santos entrou na corporação em 2016. A experiência profissional e da vida também fizeram diferença. “Já vivi duas situações como essa. A primeira, quando eu era criança e meu irmão tinha quatro meses e engasgou. Outra, com meu filho, que quando era bebê, também engasgou”, contou.

Em todas as situações, ela estava pronta a agir. “Fico feliz de ser da GCM. Hoje, saímos para um trabalho de rotina e salvamos uma vida. Esse é o nosso trabalho. Estar junto da população”, afirmou.

Durante o curso de capacitação para Guarda Civil Municipal, o profissional recebe treinamento para atendimentos como primeiros socorros, prevenção e combate ao incêndio e defesa civil com o Grupo de Resgate Aquático e Terrestre (GRAT) e o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU). Além disso, a GCM participa de atualização de conhecimentos permanente. Em 28 de junho deste ano, 15 guardas participaram de um workshop com o SAMU para trocar informações sobre o funcionamento da central da atendimento 192, na saúde, e da central de atendimento 153, da corporação.

Editoria: Cidade Tags: , , , , ,

Assine e receba as publicações

Compartilhe esta matéria

Matérias Relacionadas

2 Comentários to "GCM de Diadema salva bebê de 45 dias engasgada"

  1. Miguel Arcanjo disse:

    Quero saber se o concurso da gcm de Diadema que foi homologado o ano passado,vai ter andamento ou foi encerrado

  2. Miguel Arcanjo disse:

    Ja faz mais de um ano que a prefeitura de Diadema homologou o concurso da gcm,e nao deu mais nenhuma satisfacao ao candidatos,desejo que a prefeitura nos diga algo em relacao ao concurso.

Comente esta matéria

Enviar comentário

Atenção! O comentário aqui postado é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do Diário Regional. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e serão removidos.

© 2017 Diadema Jornal. Todos os direitos reservados.
.