0

Encontro de Psicologia e Política de Assistência Social de Diadema reforça importância do trabalho em equipe

Caroline Rocha (secretária de Assistência Social e Cidadania), Ivani Oliveira (representante do Conselho Regional de Psicologia) e Luciana Oliveira (coordenadora do CRAS Leste de Diadema). Foto: Thiago Benedetti/PMDA atuação do psicólogo na área de assistência social mudou ao longo do tempo, passando da terapia clínica para a inclusão nas políticas públicas de Sistema Único de Assistência Social (SUAS). Para discutir essa transformação e os desafios atuais da profissão, além de comemorar o Dia do Psicólogo no Brasil (27), a Prefeitura de Diadema promoveu o primeiro Encontro de Psicologia e Política de Assistência Social na manhã de hoje (25).

O evento, realizado no auditório da Rede de Atenção à Criança e ao Adolescente (RECAD), reuniu cerca de 60 psicólogos, estudantes, assistentes sociais e especialistas na área. Além da apresentação do Grupo de Trabalho (GT) dos psicólogos que atuam no município, a programação incluiu a palestra “A Atuação do Psicólogo no CRAS: possibilidades e desafio”, da mestre em Psicologia Social pela Universidade de São Paulo (USP), Miriam Esperidião de Araújo, e a palestra “A Vivência das Vulnerabilidades Subjetivas e Sociais no Desafio Cotidiano da Prática do Psicólogo enquanto Ser e Fazer Ético”, com o psicólogo e mestrando em Criminologia pela Universidade Federal do Porto (Portugal) , Ricardo Rentes Rodrigues Pereira.

Miriam Esperidião de Araújo lembrou que é importante que existam normas e diretrizes para atuação, porém, há uma série de situações no dia-a-dia que precisam ser resolvidas. “Para isso, é fundamental o diálogo, a união e o trabalho conjunto da equipe”, reforçou.

Durante as visitas domiciliares para famílias em situação de vulnerabilidade e nos serviços de convivência e fortalecimento de vínculos, o psicólogo escuta o morador, compreende sua vida emocional e contribui para a erradicação de qualquer tipo de discriminação, opressão, violência e exploração.

“Hoje, no município, todos os serviços de Assistência Social têm o psicólogo em sua equipe. Este é um momento de encontro desses profissionais para troca de experiências”, afirmou a secretária de Assistência Social e Cidadania de Diadema, Caroline Rocha, na abertura do evento.

Diadema possui, desde 2009, um grupo de Trabalho (GT) que reúne mensalmente profissionais da rede municipal. Para Viviane dos Santos Pereira, coordenadora do Centro de Referência em Assistência Social (CRAS) Eldorado e primeira psicóloga a gerenciar um serviço do setor na região, o GT foi criado para entender e estudar as políticas públicas de Assistência Social. Atualmente, as reuniões promovem a troca de informações, discussão de casos atendidos e fortalecimento do trabalho desenvolvido.

Editoria: Saúde Tags: , , ,

Assine e receba as publicações

Compartilhe esta matéria

Publicações recentes

Comente esta matéria

Enviar comentário

Atenção! O comentário aqui postado é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do Diário Regional. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e serão removidos.

© 2019 Diadema Jornal. Todos os direitos reservados.
.