0

Após ter quebrada sequência de vitórias em casa, Azulão precisa de empate para avançar

Ermínio comemora seu gol no empate contra a Lusa. Foto: Adriano Stofaleti/AD São CaetanoApós obter quatro vitórias consecutivas no Estádio Anacleto Campanella pela Copa Paulista, o São Caetano teve sua sequência quebrada pe­la Portuguesa no último sábado (2), ao sair de campo com o empate por 1 a 1.

A partida poderia ter definido a classificação antecipada da equipe do ABC e devolvido o primeiro lugar do Grupo 3 ao Azulão. Porém, com o resultado, o São Caetano ainda não tem sua vaga garantida e, para piorar, o time viu a Lusa manter a vantagem de um ponto na liderança da chave.

Mesmo assim, a expectativa continua positiva, já que o Azulão pode carimbar seu passaporte para a segunda fase na próxima rodada. Basta apenas um empate para a equipe somar 24 pontos, abrir a vantagem necessária para o quinto colocado, o Nacional (17 pontos), e avançar.

Ainda restam duas rodadas para o encerramento da primeira fase. Na próxima, o São Caetano visita o Nacional no sábado, às 15h, no Estádio Nicolau Alayon, na Capital. Na última, que será realizada no dia 17, recebe o Juventus, às 10h.

Água Santa

A situação do Água Santa é um pouco mais complicada. Na terceira posição da chave, com 19 pontos, o Netuno garante a classificação com duas vitórias sem depender de outros resultados. Porém, a equipe de Diadema pode comemorar a vaga no próximo fim de semana se derrotar a Portuguesa Santista no domingo, em Ulrico Mursa, e o Nacional não vencer o São Caetano, no dia anterior. Na última rodada, o Netuno recebe a Portuguesa.

Editoria: Esportes Tags: , , , , ,

Assine e receba as publicações

Compartilhe esta matéria

Matérias Relacionadas

Comente esta matéria

Enviar comentário

Atenção! O comentário aqui postado é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do Diário Regional. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e serão removidos.

© 2019 Diadema Jornal. Todos os direitos reservados.
.