0

Corinthians cai no 2º tempo e empata com o Racing

Jô teve atuação discreta no jogo de ontem em Itaquera. Foto: Daniel Augusto Jr./Agência CorinthiansCom atuações inversas no primeiro e no segundo tempo, Corinthians e Racing empataram em 1 a 1 ontem (13), em Itaquera.

O time alvinegro começou melhor, dominou a primeira etapa e saiu na frente, mas caiu de produção na segunda, não segurou a vantagem e acabou levando o empate no jogo de ida das oitavas de final da Copa Sul-Americana.

Com o resultado, o Corinthians precisará de uma vitória na volta, na próxima quarta-feira, em Avellaneda, para avançar à próxima fase da competição. O empate só servirá se o clube paulista marcar dois gols ou mais na Argentina. Novo 1 a 1 leva a decisão para os pênaltis.

Como prometido pelo téc­nico Fábio Carille, o time não mudou seu estilo de jogo mesmo após sofrer pela primeira vez na temporada duas derrotas seguidas – 1 a 0 para o Atlético-GO e 2 a 0 para o Santos, nas duas últimas rodadas do Campeonato Brasileiro.

Contra um Racing muito recuado, o Corinthians não teve dificuldade para controlar a partida e, avançando pelas laterais, criava a maioria das chances. Segundo o Footstats, foram sete finalizações contra três dos visitantes.

O gol não demorou a sair. O volante Marciel, que voltou a atuar improvisado na lateral esquerda no lugar de Arana, fez boa jogada pela esquerda e tocou para trás para Maycon, que bateu fraco no canto esquerdo do goleiro argentino Musso, aos 29 minutos, para abrir o placar.

O entrosamento com o autor do gol não vem de hoje. Os dois atuaram juntos no Corinthians campeão da Copa São Paulo de 2015. Maycon fez o gol do título na final contra o Botafogo-SP e Marciel foi escolhido o melhor jogador do torneio de juniores.

Dois minutos antes, o Corinthians já tinha levado perigo em outra jogada de Marciel. O lateral improvisado cruzou para Rodriguinho, que cabeceou no travessão.

No segundo tempo, no entanto, a situação se inverteu. O time argentino cresceu e passou a ameaçar cada vez mais o gol de Cássio. Pressionado, o Corinthians não conseguia encaixar contra-ataques.

Não por acaso, na segunda etapa, o número de finalizações das duas equipes foi o inverso do primeiro tempo: sete chutes dos argentinos, contra três do Corinthians.

Em outra coincidência, o Racing chegou ao gol de empate também aos 29 minutos, mas do segundo tempo.

O meia Lisandro López chutou forte de fora da área e Cássio espalmou para a esquerda. A bola caiu nos pés do atacante Triverio – que, livre, só tocou para o fundo do gol.

Editoria: Esportes Tags: , ,

Assine e receba as publicações

Compartilhe esta matéria

Matérias Relacionadas

Comente esta matéria

Enviar comentário

Atenção! O comentário aqui postado é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do Diário Regional. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e serão removidos.

© 2018 Diadema Jornal. Todos os direitos reservados.
.