0

Fundo Social de Solidariedade de Diadema inaugura mais um polo da Escola de Moda

Fundo social de solidariedade de Diadema inaugura mais um polo da Escola de Moda

Nova unidade fica no Instituto de Ação Social Enéas Tognini, no Jardim Takebe. Foto: Thiago Benedetti/PMD

Com o objetivo de promover cursos para um número maior de pessoas, o Fundo Social de Solidariedade (FSS) de Diadema inaugurou, ontem (7), mais um polo da Escola de Moda, no Instituto de Ação Social Enéas Tognini. Durante o evento foi entre­gue o kit, que é composto por três máquinas de costura do tipo reta e uma overloque industrial, além de 200 metros de tecidos.

A primeira-dama e presidente do Fundo Social de Solidariedade de Diadema, Caroline Rocha, destacou a importância da profissão durante a inauguração da unidade. “O curso ensina a fazer peças do zero, desde o molde até costura invisível, saia, calça, camisa. Hoje em dia é difícil achar uma costureira. É uma profissão bastante procurada e que tem espaço no mercado de trabalho”, pontuou.

Para Márcia Ribeiro, futura aluna, fazer o curso de corte e costura será um novo aprendizado. “É uma oportunidade de retomar algumas práticas que já sei e aprender novas técnicas. Quanto mais a gente aprende, melhor é.”

Já Áurea Ferdinande, de 68 anos, tem o objetivo de costurar para a família. “Pretendo costurar roupas para os meus netos. O que na loja estiver muito caro, posso fa­zer em casa para eles”, disse.

O Fundo Social de Solidariedade oferece diversos cursos gratuitos, entre eles o de assistente de cabeleireiro, de manicure e pedicure, de maquiagem, de depilação e design de sobrancelhas. Desde 2014, o FSS já formou 3.500 alunos.

CRIME AMBIENTAL

“Um diferencial do Fundo Social é fazer a rotatividade dos cursos. Hoje, pode estar na região norte, daqui um ano na região sul, então, vai mudando para que as pessoas possam acessar com mais facilidade. O nosso foco são moradores que estão desempregados ou que precisam aprender uma profissão para uma renda extra, sendo assim, precisamos estar o mais próximo possível”, completou Caroline Rocha.

Serviço – Instituto de Ação Social Enéas Tognini, Rua Yamagata, 265 – Jd. Takebe – Diadema. Fundo Social de Solidariedade (FSS) de Diadema, Rua Almirante Barroso, 160 – Vila Dirce.

Mais informações pelo telefone (11) 4057-5700. (Reportagem Local)

Editoria: Cidade Tags: , , , , , ,

Assine e receba as publicações

Compartilhe esta matéria

Matérias Relacionadas

Comente esta matéria

Enviar comentário

Atenção! O comentário aqui postado é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do Diário Regional. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e serão removidos.

© 8212 Diadema Jornal. Todos os direitos reservados.
.