0

Dia dos Namorados vai movimentar R$ 72,5 milhões no ABC

Dia dos Namorados vai movimentar R$ 72,5 milhões no ABC

Lojas de rua são as preferidas de 22% dos consumidores do ABC para comprar na data . Foto: Arquivo

Os consumidores do ABC devem gastar R$ 72,5 mi­lhões no comércio com a compra de presentes para o Dia dos Namorados, que será comemorado na próxima terça-feira (12). O montante é 5% superior em termos reais (descontada a inflação de 12 meses) ao movimentado no período que antecedeu a data no ano passado (R$ 67 milhões).

Divulgados nesta quinta-feira (7), os dados integram a Pesquisa de Intenção de Compras (PIC) realizada pela Universidade Metodista de São Paulo.

Segundo o levantamento, o preço médio do presente deve chegar a R$ 174, com aumento real de cerca de 7% em relação ao valor desembolsado em 2017 (R$ 158). O gasto total planejado para a data, por sua vez, cresceu 16% acima da inflação (de 2,76%), para R$ 235.

É a primeira vez desde 2015 que a pesquisa sinaliza aumento dos gastos em relação ao ano anterior. “A elevação da disposição para gastar está baseada na leve melhora da atividade econômica e do mercado de trabalho, o que também se refletiu na expansão das operações de crédito”, comentou o professor Sandro Maskio, coordenador de Estudos do Observatório Eco­nômico da Metodista.

A coleta de dados foi rea­lizada entre os dias 17 e 27 de maio. Assim, coincidiu com o início da greve dos caminho­neiros, deflagrada no mês passado contra o preço do diesel e que interrompeu o abastecimento no país.

Maskio entende que o mo­vimento dos caminho­neiros não influenciou o re­sultado da pesquisa, uma vez que a greve ainda não havia chegado ao auge, mas reco­nhece que o consumidor pode ter ficado mais conservador após a paralisação. “É natural: em um momento de incerteza, o consumidor fica mais ressabiado e pode reduzir sua disposição para gastar”, disse.

Os itens mais procurados para presentear na data deverão ser os de vestuário (32,5% das intenções de compra), seguidos de perfumes e cosméticos (20,5%), flores (7,4%), cestas de café da manhã (6,2%) e livros (5,8%).

Os estabelecimentos pre­fe­ridos dos enamorados da região para as compras são os shoppings (54%), seguidos do comércio formal do centro das cidades (17%), internet (13%) e lojas de bairro (5,3%).

Chama a atenção a ampliação da intenção de uso da internet pelas famílias com renda acima de cinco salários mínimos. Nessa contingente, 18% vão fazer compras pela rede, fatia que chega a 33% entre os que ganham mais de 20 salários mínimos.

Quem ainda não comprou o presente vai encontrar boas opções nos shoppings da região, além de ganhar brindes e concorrer a prêmios.
O São Bernardo Plaza preparou programação especial para a data, com espaço temático, cabine fotográfica com impressão instantânea, customização de cartões e ilhas com sugestões de presentes.

Editoria: Economia Tags: , , ,

Assine e receba as publicações

Compartilhe esta matéria

Matérias Relacionadas

Comente esta matéria

Enviar comentário

Atenção! O comentário aqui postado é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do Diário Regional. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e serão removidos.

© 2018 Diadema Jornal. Todos os direitos reservados.
.