0

São Bernardo inicia atividades do Programa Educar Mais em sua 18ª escola

São Bernardo inicia atividades do Programa Educar Mais em sua 18ª escola

EMEB Prof. Waldemar Canciani, no Parque Imigrantes, passou a funcionar em tempo integral nesta semana. Foto: Ricardo Cassin/PMSBC

O Programa Educar Mais, que tem por objetivo oferecer educação em tempo integral na rede de São Bernardo, chegou nesta semana à sua 18ª unidade em operação: a EMEB Professor Waldemar Canciani, no Parque Imigrantes.

A unidade está inserida dentro do programa que oferece aos estudantes diversas possibilidades de aprendizagem, pois agrega as disciplinas da Base Nacional Comum Curricular como inglês e italiano, atividades complementares de grupos de estudo, jogos de tabuleiro, linguagens artísticas, educação ambiental, iniciação científica, cultura do movimento e protagonismo infantil.

As atividades da parte diversificada e da Base Comum acontecem tanto no período da manhã como no da tarde, compondo um currículo integrado. As unidades funcionam das 7h30 às 17h, atingindo crianças da creche, de zero a três anos, e do ensino fundamental, até os dez anos. No total, são 5.364 alunos com acesso ao programa.

Para a secretária de Educação, Silvia Donnini, a expansão do projeto amplia as possibilidades de aprendizagem dos alunos. “O programa Educar Mais aproxima as crianças de atividades ligadas às artes e outros conteúdos como música, leitura e outras experiências culturais”, destacou.

REVITALIZAÇÃO

Nesta segunda, foram entregues ainda uma série de intervenções realizadas na EMEB Professor Waldemar Canciani que envolveram nova pintura externa, instalação de divisórias de gesso, troca de alambrado da quadra e a impermeabilização de calhas. As obras tiveram investimento de R$ 148,2 mil. Para este ano, a unidade receberá R$ 124,3 mil entre verbas de custeio e recursos destinados para a manutenção e zeladoria.

Em abril, a administração autorizou intervenções nas EMEBs Viriato Correia e Olavo Bilac, ambas no bairro do Rudge Ramos e também na EMEB Antônio Pereira Coutinho, no Jardim Laura. As unidades receberão revisão das instalações elétricas, troca de pisos e pintura externa, entre outras melhorias.

Neste ano foram disponibilizados R$ 17,3 milhões em recursos destinados para a zeladoria, manutenção e conservação das 182 escolas municipais. Os valores fazem parte de um pacote de recursos disponibilizados por meio do programa Escola Linda e dos repasses anuais às Associações de Pais e Mestres (APMs).

Os repasses feitos pelo programa criado pela prefeitura somam R$ 30 mil por escola em 2019. A gestão ampliou os recursos da iniciativa para R$ 2,7 milhões em 2018, enquanto no ano anterior havia investido outros R$ 1,5 milhão.

Editoria: Regional Tags: , , , ,

Assine e receba as publicações

Compartilhe esta matéria

Matérias Relacionadas

Comente esta matéria

Enviar comentário

Atenção! O comentário aqui postado é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do Diário Regional. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e serão removidos.

© 2019 Diadema Jornal. Todos os direitos reservados.
.