0

Santo André inaugura terceira creche em um semestre

Santo André inaugura terceira creche em um semestre

“Estamos caminhando para zerar o déficit e muito felizes por mais esta conquista. Muitos pais precisam estar no mercado de trabalho e por vezes não conseguem por conta de cuidar dos filhos”, disse o prefeito Paulo Serra. Foto: Helber Aggio/ PSA

A Prefeitura de Santo André inaugurou a terceira nova creche deste ano, neste domingo (30). A unidade Guaratinguetá II, localizada na Jardim Alzira Franco, terá capacidade para atender 321 crianças, com idade entre 0 e 3 anos. Antes, já foram inauguradas as creches Cata Preta e Mirante II. Até 2020, a administração entregará ainda mais sete novas unidades, zerando assim o déficit de vagas no município. No mesmo terreno deste novo equipamento, será inaugurada em breve a unidade Guaratinguetá I, nos mesmos moldes. Ambas ficam localizadas próximas à Emeief Manoel Campestrini.

O novo equipamento abriga sete salas de aula, três berçários, sala multimídia, brinquedoteca e toda estrutura necessária, como lactário e lavanderia. Além do piso térreo, a creche conta com três pavimentos, seguindo o padrão estabelecido pelo programa federal Proinfância (Programa Nacional de Reestruturação e Aquisição de Equipamentos para a Rede Escolar Pública de Educação Infantil).

“Estamos caminhando para zerar o déficit e muito felizes por mais esta conquista. Muitos pais precisam estar no mercado de trabalho e por vezes não conseguem por conta de cuidar dos filhos. Com uma creche de qualidade, que não deve em nada para a rede privada, vamos acabar com este problema. Além desta nova unidade, vamos revitalizar a creche Alzira Franco, aqui ao lado, dando toda estrutura para a região”, destacou o prefeito Paulo Serra(PSDB).

A Guaratinguetá II está entre as unidades que estavam com as obras paralisadas devido à falta de pagamento da contrapartida por parte da Prefeitura no programa Proinfância. Sem o investimento do município na obra, o governo federal (FNDE – Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação) interrompeu o envio de recursos para a cidade na gestão anterior. “Não é fácil fazer dez creches em quatro anos. É a mesma quantidade que fizeram em 20 anos e nós vamos zerar a fila. Poucas cidades da região metropolitana têm este potencial. Grandes e bons equipamentos estão e vão continuar melhorando a cidade”, completou o prefeito.

Sete creches seguem sendo construídas simultaneamente: Guaratinguetá I (Jardim Alzira Franco), Jardim Santo André I, Jardim Santo André II, Mirante I, Tamarutaca, Jardim Rina e Parque Erasmo, por meio do programa federal Proinfância, que estabelece ao Ministério da Educação a responsabilidade por 75% dos custos de cada creche, enquanto o município responde pelos 25% restantes. Cada creche será construída com investimento de cerca de R$ 6 milhões.

“Há muito esperávamos uma creche melhor para os nossos filhos. A gente já não contava que essa creche ia ficar pronta, ia até fazer abaixo assinado e o mato alto trazia insetos, etc. Agora, ganhamos este novo equipamento que ficou pronto com todos trabalhando dia e noite. Só temos que agradecer e usufruir”, comemorou a moradora Regina Maria de Lima.

Editoria: Regional Tags: , , , , , , , , ,

Assine e receba as publicações

Compartilhe esta matéria

Matérias Relacionadas

Comente esta matéria

Enviar comentário

Atenção! O comentário aqui postado é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do Diário Regional. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e serão removidos.

© 2019 Diadema Jornal. Todos os direitos reservados.
.