0

Diadema realiza roda de conversa sobre o Trabalho Infantil

Diadema realiza roda de conversa sobre o Trabalho Infantil

O evento reuniu profissionais da Assistência Social, Saúde e organizações da sociedade civil. Foto: Adriana Horvath/ PMD

Nesta quinta-feira, 04/07, a Prefeitura de Diadema, por meio da Secretaria de Assistência Social e Cidadania (SASC), realizou a roda de conversa “Olhares sobre o Trabalho Infantil”, no Teatro Clara Nunes. Com o objetivo de discutir diretrizes, fluxos e estratégias para a erradicação do trabalho infantil, o evento reuniu profissionais da Assistência Social, Saúde e organizações da sociedade civil.

“A ideia é trabalhar de forma preventiva e ofertar, ao máximo, ações para ocupar o tempo dessa criança/adolescente com atividades, cursos e programas. Desde o ano passado, a SASC intensificou as ações de enfrentamento ao trabalho infantil com o lançamento da Campanha Municipal de Sensibilização, além dos serviços de abordagem social e a realização do diagnóstico que proporciona um melhor direcionamento dessas ações”, ressaltou a secretária interina de Assistência Social e Cidadania, Caroline Rocha, durante a abertura do evento.

A roda de conversa contou com a participação do sociólogo, representante da Secretaria Estadual de Desenvolvimento Social do Estado e integrante da equipe de referência estadual do Programa de Erradicação do Trabalho Infantil (PETI), Heder Sousa, e da assistente social do CREAS Centro, Amanda Bezerra dos Santos. Os palestrantes abordaram temas como políticas públicas, rede proteção e desafios da erradicação do trabalho infantil, entre outros.

“Estou bem contente com esta iniciativa e gostaria de parabenizar a gestão municipal. A organização deste evento é muito importante para divulgar a questão do trabalho infantil para a sociedade como um todo”, afirmou o sociólogo Heder Sousa.

Além da roda de conversa, o evento contou com apresentações de breaking, teatro, percussão e dança da Rede Cultural Beija-Flor e da ONG MAI que são parceiros da SASC no Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos.

“Eu acho essa apresentação muito importante, pois as pessoas conseguem trazer a memória o que algumas crianças passam na rua em condições de trabalho infantil e, assim, posso contribuir para reflexão em relação ao tema”, contou Thiago Alves de Oliveira, frequentador da Rede Cultural Beija-Flor após a apresentação.

Também estiveram presentes no evento o secretário de Cultura, Eduardo Minas, e representantes do Conselho Tutelar.

Campanha de Sensibilização e Enfrentamento ao Trabalho Infantil

Em setembro de 2018, a Secretaria de Assistência Social e Cidadania lançou a Campanha de Sensibilização e Enfrentamento ao Trabalho Infantil de Diadema. Com o tema “Muitas crianças só são crianças quando sonham. Ajude a mudar essa realidade. Não incentive o trabalho infantil”, a campanha engloba folder, cartaz, outdoor, busdoor, vídeo institucional, peça teatral e um diagnóstico de trabalho infantil. O folder contém explicações sobre o que é o trabalho infantil, o motivo pelos quais a criança não pode trabalhar – ressaltando que o trabalho infantil rouba a infância e condena o futuro – e como ajudar no combate ao trabalho infantil. O vídeo institucional, veiculado nas redes sociais, traz a mensagem que o trabalho infantil acaba com o sonho da criança além de incentivar a denúncia.

O município conta, ainda, com o Serviço Especializado de Abordagem Social que realiza a busca ativa e identifica, nos territórios, a incidência de situações de risco pessoal e social. Quando constatada a situação de trabalho infantil, tanto a família quanto a criança ou adolescente são encaminhados para os serviços do Centro de Referência de Assistência Social (CRAS) ou do Centro de Referência Especializado de Assistência Social (CREAS), e também para o Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos, que são desenvolvidos por Organizações da Sociedade Civil, em parceria com a Prefeitura.

Conheço uma criança que está trabalhando. Como faço para denunciar?

Conselho Tutelar I

Av. Antonio Sylvio Cunha Bueno, 1.322 – Jd. Inamar

Telefones: 4059-0569 e 4059-79-10

Conselho Tutelar II

Rua Oriente Monti, 201 – Centro

Telefone: 4053-8005

Conselho Tutelar III

Rua Guaricica, 45 – Piraporinha

Telefone: 4044-2171

Disque 100

www.humanizaredes.gov.br

Editoria: Cidade Tags: , , , , , ,

Assine e receba as publicações

Compartilhe esta matéria

Matérias Relacionadas

Comente esta matéria

Enviar comentário

Atenção! O comentário aqui postado é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do Diário Regional. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e serão removidos.

© 2019 Diadema Jornal. Todos os direitos reservados.
.