0

Mortes no trânsito caem 22,7% este ano no ABC, mostra Infosiga

Mortes no trânsito caem 22,7% este ano no ABC, mostra Infosiga

Este ano ocorreram 133 óbitos decorrentes de acidentes em ruas e avenidas na região, contra 172 em 2018. Foto: Arquivo

O ABC registrou queda de 22,7% no número de mortes no trânsito nos primeiros sete meses deste ano em comparação com o mesmo período de 2018. Este ano ocorreram 133 óbitos decorrentes de acidentes em ruas e avenidas na região, contra 172 em 2018. No comparativo entre julho de 2018 e o mesmo mês de 2019 houve queda de 75,5% – 98 mortes, contra 24, respectivamente. Os dados são do Infosiga, sistema de dados do governo do Estado que traz informações mensais sobre ocorrências fatais de trânsito, gerenciado pelo programa Respeito à Vida.

Diadema, Mauá e São Bernardo tiveram aumento no comparativo mês a mês. Dia­dema passou de duas ocorrências em 2018, para quatro este ano – aumento de 100%. São Bernardo registrou o aumento mais expressivo na mesma base comparativa, 333,3%, ocorreram três mortes no ano passado e 13 em julho deste ano. Em Mauá, a alta foi de 300%. Porém, subiu de uma ocorrência fatal em julho de 2018 para quatro no mesmo mês deste ano.

No comparativo entre os sete primeiros meses de 2018 e de 2019, apenas Mauá e Dia­dema tiveram alta. Em São Bernardo houve queda de 2,1%, sendo que foram 48 mortes em 2018 e 47 este ano. Diadema, por sua vez, teve crescimento de 5% – subiu de 20 mortes no trânsito para 21. Em Mauá ocorreram dez óbitos nos primeiros sete meses de 2018 e 20 este ano, crescimento de 100%.

Usando a comparação ano a ano, Santo André teve aumento de 23,8%, subiu de 21 para 26 mortes no trânsito. Já no comparativo dos meses de julho de 2018 e 2019 houve queda de 40%, com cinco óbitos no ano passado e três no mês passado.

São Caetano passou de duas para oito mortes no comparativo entre os dois anos, aumento de 300%. Já em relação aos meses de ju­lho de 2018 e de 2019, houve uma ocorrência fatal no ano passado e nenhuma em 2019 (queda de 100%).

Ribeirão Pires registrou 11 morte nos sete primeiros meses de 2018 e o mesmo número este ano. No comparativo entre os meses de julho houve queda de 100% – duas mortes em 2018 e nenhum registro este ano.

Editoria: Regional Tags: , , , , , , , ,

Assine e receba as publicações

Compartilhe esta matéria

Matérias Relacionadas

Comente esta matéria

Enviar comentário

Atenção! O comentário aqui postado é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do Diário Regional. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e serão removidos.

© 2019 Diadema Jornal. Todos os direitos reservados.
.