0

Sede da Guarda Ambiental de Diadema completa um mês

Sede da Guarda Ambiental de Diadema completa um mês

Guarda Ambiental salvou bebê de 10 meses engasgou com uma lantejoula que estava na blusa da mãe. Foto: Mauro Pedroso/DMA

A sede da Guarda Ambiental completou um mês de atividades. A base funciona no bairro Eldorado, local com maior número de registros de infrações ambientais, como descarte irregular de lixo e apreensão de animais silvestres. No ultimo mês, a Guarda Ambiental registrou 30 ocorrências que resultaram no resgate de 23 animais, notificação de oito comércios por irregularidades, realização de 226 rondas preventivas para impedir o descarte irregular de resíduos no município, além de operações de fiscali­zação conjunta com a Polícia Militar Ambiental.

A equipe também recebeu capacitação científica e participou das operações Casa em Ordem, nas quais guardas civis municipais e policiais militares trabalham nos finais de semana atendendo as reclamações da população re­lacionadas à emissão de sons e ruídos por automóveis em diversos pontos da cidade.

“As ações conjuntas com a equipe da Delegacia de Investigação de Crimes contra o Meio Ambiente, com a Secretaria de Meio Ambiente e com a equipe de ROMU da GCM, além do auxilio da população nas denúncias e solicitações, têm sido primordiais para sucesso do trabalho realizado até o momento. Estamos muito satisfeitos com o resultado do primeiro mês de atividade”, afirmou o supervisor Olímpio.

O principal objetivo da Guarda Ambiental é a prevenção e inibição de crimes ambientais. A Guarda tem a função de fiscalizar e, quando necessário, fazer autos de infração, sempre baseados na preservação ambiental da cidade. “O comércio e a comunidade já sentiram os reflexos positivos na região com a me­lhora significativa na percepção de segurança” afirmou o secretário de Defesa Social, Paulo Alexandre Fagundes.

No período, a Guarda Ambiental também atendeu ocorrência de engasgamento. O pai chegou à base da Guarda com a bebê de 10 meses, sem sentidos, nos braços. “A equipe atendeu a ocorrência que resultou no salvamento de uma vida, símbolo claro que a comunidade já compreendeu que pode buscar ajuda e socorro 24 horas por dia ininterruptamente na inspetoria de Guarda Ambiental”, afirmou Fagundes.

Serviço – Denúncias pode ser feitas pelos telefones 0800-770-5559, 4044-0249 ou 153, e por e-mail – diademalegal@diadema.sp.gov.br, gcm@diadema.sp.gov.br.

Editoria: Cidade Tags: , , , ,

Assine e receba as publicações

Compartilhe esta matéria

Matérias Relacionadas

Comente esta matéria

Enviar comentário

Atenção! O comentário aqui postado é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do Diário Regional. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e serão removidos.

© 2019 Diadema Jornal. Todos os direitos reservados.
.