0

Paraty para todos os sentidos

Paraty para todos os sentidos

Ruas da charmosa cidade situada no litoral Sul fluminense serão “temperadas” no final de outubro com o 1º Festival Gastronômico, que também terá cinema e música. Foto: Fotos: Divulgação/Polo Gastronômico

As ruas da charmosa Paraty, localizada no litoral Sul fluminense, ganharão sabor ain­da mais especial no próximo mês com o Festival Gastronômico, que traz diversas iniciativas de gastronomia, cultura, música e audivisual em sua primeira edi­ção. O evento – marcado para os dias 24 a 27 de outubro – será realizado pelo Polo Gastronômico da cidade e ocupará o calendário da Folia Gastronômica.

Além dos tradicionais show-cookings, degustações, mas­­ter­­­classes e debates, o evento te­rá como casa o Cinema da Praça, no qual serão exibidos documentários e curtas. Na Casa da Cultura vão ocorrer as rodas de conversa e masterclasses, e na Arena Gastronômica, na Quadra da Matriz, show-coo­kings, paneladas e mais shows.

Para a primeira edição do festival, as Plantas Alimentícias Não-Convencionais (Pancs) fo­ram escolhidas como tema entre os diferentes restaurantes e chefs, juntamente com o resgate de técnicas tradicionais.
Com a curadoria de Jorge Ferreira, especialista em agroecologia e ecogastronomia, o festival dará destaque aos ingredientes do tema escolhido. Ferreira é filho de agricultores, criado em Paraty e sempre priorizou a susten­tabilidade e a relação harmoniosa com a natureza.

Trabalha com agroflorestal há 15 anos e estuda há mais de dez anos botânica prática, taxonomia (ciência da identificação dos seres vivos), pesquisa de plantas nativas da Mata Atlântica e plantas alimentícias não-convencionais com foco na gastronomia.

Em parceria com a Secretaria de Cultura, o evento levará para o Mercado das Artes o universo paratiense em seus detalhes. Na Praça da Bandeira estarão os produtores locais, os chefs da cidade e os tradicionais artesãos, valorizando os motivos pelos quais Paraty recebeu o Título de Cidade Criativa e Patrimônio da Humanidade pela Organização das Nações Unidas para a Educação, Ciência e Cultura (Unesco).

Para o Polo Gastronômico de Paraty, o festival vai atrair ain­da mais a atenção de turistas e movimentar a cidade já consolidada como forte destino turístico. “Paraty realiza grandes eventos no calendário anual, e o festival traz ainda mais visibilidade à cidade. A gastronomia também é parte da engrenagem do turismo e vamos gerar mais renda, movimentar o comércio e ainda dar sabor especial à cidade”, comentou Luciana Mari­nho, presidente da associação.

Os restaurantes participan­tes do circuito do festival terão em seus menus pratos especialmente elaborados pa­ra o evento. A programação completa es­tá disponível em www.festivalgastronomicodeparaty.com.

Paraty para todos os sentidosPraça da Matriz (acima) receberá a Arena Gastronômica e deve ser um dos pontos mais movimentados do festival, que também terá atividades na Casa da Cultura (dir.)Paraty para todos os sentidos

Cidade reúne atrativos para turistas de todos os estilos

Paraty é considerada, erro­neamente, como uma cidade que se conhece em um dia. Os turistas desavisados pensam que seus atrativos se concentram apenas no Centro Histórico, com sua arquitetura colonial preservada. Este é, sem dúvida, um de seus grandes encantos, mas Paraty oferece muito mais.

Há encantos para todos os gostos: história, cultura, mata atlântica, diversão, arte, gastronomia, agito e tranquilidade.

Um bom começo é cami­nhar pelo Centro Histórico, tom­bado pelo Patrimônio His­tórico Nacional, uma viagem de volta ao Brasil colonial. Pas­sear calmamente pe­las rua­zinhas, observar ca­da fachada com sua arquitetura caracterís­tica é uma delícia. Vale a pena visitar a Casa da Cultura e o Museu de Arte Sacra, que funciona na Igreja Santa Rita, impor­tan­­te cartão postal de Paraty.

O município está quase inteiro em área de preservação ambiental. Assim, muitas são as opções de passeios para quem curte a natureza, boa parte delas no Parque Nacional da Serra da Bocaina: bike, caminhadas por tri­lhas e cachoeiras, passeios a cavalo e de caiaque , entre outros.
Uma visita ao Caminho do Ouro alia ecologia ao conhecimento vivo da nossa história.

Área de preservação ambiental, a Baía de Paraty – com suas praias e ilhas, muitas ain­da em estado selvagem – é um dos pontos mais bonitos do litoral brasileiro. Suas águas claras e calmas, cheias de peixes co­loridos, são um convite irrecusável a um bom mergulho.
De grandes escunas a pe­quenas traineiras, passando por veleiros e lanchas, há muitas opções para curtir o mar de Paraty. Mergulho e pescaria são atividades muito praticadas pelos turistas.

Editoria: Nacional Tags: , , , , ,

Assine e receba as publicações

Compartilhe esta matéria

Matérias Relacionadas

Comente esta matéria

Enviar comentário

Atenção! O comentário aqui postado é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do Diário Regional. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e serão removidos.

© 2019 Diadema Jornal. Todos os direitos reservados.
.